Explore o universo CS:GO no Blog da NeshaStore! Fique por dentro das novidades sobre Skins, Facas, Luvas, Coleções, Caixas, Stickers, Grafites, Músicas e muito mais.

Os 5 Melhores Países da História do CS:GO

Luminosity Gaming CSGO 2015

Com a iminente chegada do Counter-Strike 2 (CS2), estamos chegando ao fim da caminhada do CS:GO. O Counter-Strike: Global Offensive é e será para sempre uma instituição esportiva com uma rica história e cultura que se estende por mais de uma década. Ao longo dos anos, certos países emergiram como potências no cenário competitivo do CS:GO, produzindo algumas das equipes e jogadores mais talentosos e conquistando os torneios mais prestigiados.

Fiz um top 5 dos melhores países da história do CS:GO com base em suas contribuições e sucessos. Vale ressaltar que não existe uma ordem exata e deixo para cada um de vocês montarem e escolherem a ordem com o que eu trarei de informação no artigo juntamente com sua crítica pessoal.

Suécia

Equipes de destaque: Ninjas in Pyjamas (NiP), Fnatic.

Desde os dias iniciais do Counter-Strike, a Suécia tem sido um baluarte do jogo. No CS:GO, isso continuou com equipes como NiP e Fnatic. O NiP ficou famoso por sua série invicta de 87-0 em mapas no início do CS:GO. Enquanto isso, a Fnatic, com seu trio lendário JW, flusha e KRIMZ, conquistou múltiplos títulos Major.

A Suécia foi no início a maior potência do CSGO, e apesar de após os anos iniciais não ter mais conseguido manter a hegemonia passando até por grandes períodos de seca de títulos sempre se mantiveram com boas equipes disputando e chegando longe nos principais torneios do mundo.

Fnatic campeã csgo

Dinamarca

Equipes de destaque: Astralis, North, Heroic.


A Dinamarca é considerada por muitos como o melhor país do mundo do CSGO. Com diversos times muito fortes durante todo o Counter-Strike, a Dinamarca se destacou principalmente pela Astralis. A equipe que foi a maior vencedora da história do CSGO com um CS quase que invencível durante muito. Com táticas inovadoras, uma ética de trabalho inigualável e jogadores como dev1ce, gla1ve e dupreeh, eles dominaram a cena por vários anos.

Além disso, a Dinamarca quase sempre contou com 3 equipes do mais alto nivel sendo elas a trinca citada acima. Quando alguma dessas equipes não estava em um bom momento, sempre surgia outra equipe totalmente Dinamarquesa para suprir a vaga de “terceira potência” do país.

E como se não bastasse, boa parte das melhores equipes do mundo do CSGO contam com algum jogador dinamarquês, alguns exemplos são a Vitality, Ence, G2 e Faze – todas figurando o top 5 do mundo.

Astralis campeã do Major
Reprodução: HLTV.org

Brasil

Equipes de destaque: Luminosity Gaming, SK Gaming, FURIA, Immortals.

O Brasil teve uma ardua caminhada até conseguir visibilidade no mundo do CSGO. Estourou na cena internacional com a Luminosity Gaming, que posteriormente se tornou SK Gaming, sob a liderança de FalleN. Eles trouxeram um estilo de jogo apaixonado e agressivo, conquistando dois títulos Major consecutivos em 2016 e conseguindo se tornar a equipe número 1 do mundo com uma grande dominância num espaço de pouco mais de 1 ano.

Neste mesmo período, os brasileiros se mostraram um celeiro de grandes talentos com a chegada da Immortals que foi vice-campeã mundial e consequentemente assumiu o posto de segunda melhor time do mundo no ranking da HLTV. Entretanto o auge da Immortals durou pouco tempo.

Por outro lado, a FURIA representou uma nova geração de talento brasileiro, desafiando consistentemente as melhores equipes do mundo com um jogo um pouco diferente do que se era acostumado ao CS brasileiro – lembrando mais o estilo Europeu de jogar.

ANUNCIO - ECONOMIZE NA SUA PRIMEIRA FACA DE CSGO
Sk campeã Major

França

Equipes de destaque: LDLC, G2, Team Vitality.


A cena francesa de CS:GO tem sido cheia de talentos desde os primeiros dias. A equipe LDLC, mais tarde Team EnVyUs, venceu um Major e estabeleceu a França como uma grande potência. Apesar dos grandes jogadores, a França sofreu o que o Brasil sofre hoje. Após o auge se passou muito tempo com time de super estrelas francesas que no papel eram um dos melhores times do mundo, mas nunca conseguiram vencer nenhum título.

Mais recentemente, com uma renovação geracional e um misto dos jogadores antigos com os novos jogadores, a França voltou ao topo do mundo com a ascensão de ZywOo – AWP Team Vitality – fazendo os franceses voltarem a figurar o top 1 mundial e recentemente vencerem o último Major da história do CSGO que ocorreu em Paris – nada melhor do que voltar ao auge vencendo um mundial em casa, não é mesmo?

Vitality campeã do Major
Reprodução: HLTV.org



Ucrânia/Rússia/Kazaquistão (CIS)

Equipes de destaque: Natus Vincere (Na’Vi), Gambit, Virtus Pro.

Embora sejam países diferentes e haja toda uma tensão atual principalmente entre Ucrânia e Rússia, a região do CIS durante boa parte da historia do Counter-Strike foi uma força conjunta. Na’Vi, com o lendário s1mple, tem sido uma das equipes mais consistentemente de alto desempenho no mundo e quando conseguiram o título mundial era uma equipe mista entre ucrânianos e russos.

O mesmo pode-se dizer da Gambit e da Virtus Pro – que jogava como OutSiders no Major Rio.
Cada uma das duas equipes citadas acima venceram o Major uma vez respectivamente com times mistos que podiam chegar a ter integrantes dos 3 países.

NAVI campeã do Major


 

Enquanto muitos países contribuíram para a rica história do Counter-Strike competitivo, esses citados se destacam devido ao seu impacto duradouro e sucessos contínuos. Eles produziram alguns dos momentos mais icônicos e jogadores lendários que definem a história do jogo.

Vale ressaltar que todos tiveram pelo menos um jogador que foi considerado o melhor jogador do mundo em algum momento da história do jogo.

E ai, concorda? discorda? Qual país você acha que poderia entrar na lista? Deixa nos comentários!

anuncio - atenção luvas de alta qualidade estão a um clique de distancia
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Ler mais
0
Partilhar